Fotografo

Tag Paulo Ferreira Alves

A sede de contar histórias com imagens únicas, de fazer a fotografia perfeita, de ver gente feliz…

Confrontou-se cedo com sensações que não conseguia explicar, sentidas ao ver imagens fotográficas que retratavam realidades, de uma forma poderosa e impactante…

Queria ter um papel ativo naquela forma de arte e por isso, ainda frequentando a escola secundária, apresentou publicamente as primeiras fotografias, num trabalho conjunto que pretendia alertar para questões ambientais na Lagoa de Óbidos. Logo a seguir, montou um laboratório fotográfico, base de experimentação e ferramenta que muito o ajudou na exploração de soluções criativas para as suas imagens.

Os trabalhos profissionais não condicionaram, em nada a ambição de registar “a” fotografia perfeita e seguramente não inibiram a primitiva vontade de explorar. A fotografia étnica e de viagem, acabam por promover um sentido de melhoria continua e de aprendizagem constante. Por isso o portfólio profissional e amador complementam-se e são na verdade um só.

A relação próxima e cúmplice com clientes, resulta em trabalhos com cunho pessoal e descontraído. A equipa tem de fazer parte integrante do evento para que esteja, sem estar. É assim que sabe trabalhar e é assim que quer ser reconhecido.

Sobre o livro Crónicas de um Aprendiz de Aventureiro